28 de set de 2010

HOMEM SAPO!


Pessoal, faz mais ou menos um ano que isso aconteceu e havia postado no meu blog antigo antes de ser hackeado. Logo, resolvi postar novamente, pois é algo que ainda me choca muito. Rs.
Atenção: Não se deve confiar na opinião de uma mulher alcoolizada depois das 2hs da manhã.
O álcool costuma mostrar um lado das pessoas fantasioso demais, um lado mágico, onde vez por outra transformam sapos em príncipes (aí está o problema, rs...).Bem, como toda jovem normal adoro sair, conhecer gente nova e se puder dançar, eu danço e se puder beber eu bebo. Em um sábado desses sai pra dançar com alguns amigos e depois de algumas tequilas (nunca mais eu bebo), de dançar muito e sendo mais de 2hs da manhã, conheci um cidadão Ele era “O cara” (tow falando sério! “Cês nuam tem noção”), falava baixo, tinha uns 35 anos, era alto, branco, tinha um bom emprego e era solteiro (tudo que toda mulher queria), eu disse 35 anos, bom emprego e solteiro.
Daí pensei, por que não apresentá-lo a uma amiga (??), ela era show e merecia alguém assim, e ele também não fazia meu tipo (calado demais!). Ok! Pego o número dele, mando o da minha amigam, faço a propaganda dela, eles se falaram, trocaram uns torpedos, então marcamos um encontro para que fossem apresentados formalmente (hora de conhecer o homem perfeito né?).
Marcamos em um barzinho que um amigo iria cantar, assim teríamos um homem conhecido por perto caso ele fosse um psicopata (hoje não se pode confiar em ninguém né?).

O cidadão chega ao barzinho que combinamos atrasado pra começar, quando olhei, quase tinha uma crise de riso. Ele vestido com uma blusa social cinza (brilhosa), cinto preto, calça branca (nem sabia que ainda usavam) e sapato marrom (juro que pensei que ele tinha se vestido no escuro!). Mas nem tudo estava perdido, ele podia ser legal né? Tipo, a lei da compensação, “bonito, mas burro, ou feio, mas gente boa, ou estranho, mas mão aberta, cavalheiro!”
Ele não! Além de estranho era antipático, dirigia mal, tinha um penteado estranho (estilo década de 50).

Ah! Sem contar que assim que chegamos ao barzinho minha amiga foi assaltada, era uma vez cartão de crédito, celular, documentos e mais uma infinidade de coisas que só quem é mulher sabe! Quando minha amiga chega à mesa (depois de ter ido fazer o B.O.) fala: - Vocês hoje vão ter que pagar pra mim viu? Afinal fui assaltada! E solta um ar de riso. Todos: - Ok!
Relaxe! Rs...

Resultado... Pedimos algo para comer e beber. O cidadão estranho pediu um suco de laranja, (afinal ele estava dirigindo e ao menos prudente ele era), comeu conosco, conversa chata vai, olhar de que iriam me matar vem, resolvemos pedir a conta, quando a conta chegou o cidadão a segurou com toda propriedade do mundo, olhou de um lado, olhou do outro passou uns cinco minutos. Pegou a carteira tirou R$ 2,00 e do bolso da carteira tirou R$ 0,50 centavos e disse só pedi o suco de laranja.

Nos entreolhamos e finalmente uma se pronunciou: -Relaxe! Nós pagamos pode guardar seu dinheiro.
Ele: - Não, é a minha parte!
Ela: - Sério, não precisa, a gente paga!
Ele: Sério? Então ta! Ah! A carne estava sem sal. (F.D.P.)
Pegou o dinheiro e guardou. Pagamos a conta para o “homem sapo” e saímos!

Moral da história, antes de permitir que sua amiga te dê uma mãozinha, procure saber se ela havia bebido (tequila em especial), acreditem ou não, isso faz toda a diferença! Ah! Também peçam fotos! (Kkkkkkkkkkkkk nem sempre elas mentem!)

Hoje, sempre que chego numa mesa que tem vários homens conto essa história! Rs, ninguém quer ser o homem sapo!

PS: Homens, pelo amor de Deus, o máximo que se exige de uma mulher é que ela rache com vocês a conta, mas se tratando do primeiro encontro, é importante que vocês paguem! Ok? E se tratando de uma mulher que foi assaltada enquanto esperava por você é essencial e indispensável que você pague! (Deus em que mundo ele vive??)
.
.
.
Karlinha Ferreira

6 comentários:

  1. Que história! E que figura esse cara hein??? As aparências, definitivamente, enganam.

    ResponderExcluir
  2. É bem verdade, custa, mas temos que subreviver a essa adversidade ;)

    ResponderExcluir
  3. Interessante história! ;]
    Parabéns pelo blog, é muito fofo.
    depois passa lá http://sibeleliima.blogspot.com/
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. kkk é por isto que nem gosto de principes, nem de sapos.Os principes sempre acabm virando sapos, e os sapos nunca vão se transformar em principes...entonces, em virtude disto, eu cá, sempre preferi homens de verdade!!!!
    bjossssssssssss

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkk,gostei muito do FDP,rsrs,que homem sapo hem garota? um abraço Carlinha.

    ResponderExcluir
  6. E o pior é que essa história ´verdade mesmo. Eu estava lá também.

    ResponderExcluir