28 de out de 2011

Simplicidade

Gosto das coisas simples da vida. Me encantam os pequenos gestos. Amo o amor compartilhado, aquele que o outro sente que é amado.

Karlinha Ferreira

18 de out de 2011

Ensandecer


Tenho sentimentos, sensações que não obedecem a razão.
Esses sentimentos cortam a alma, ensandecem meu ser...
E por um instante não domino as diversas sensações que me invadem...
E esse momento para...
 Estaciona...
E então... Passa.
Demora minutos ou um dia inteiro, dotado de melancolia e necessitando de respostas.
Mas o instante passa, e algo volta a me atingir, e a normalidade tenta me alcançar.
[Respiro...]


Karlinha Ferreira

11 de out de 2011

Refúgio

O mundo acusa...
A cabeça não funciona. Trai!
Caos!
Tento prosseguir, o caminho está estreito, embaçado.
Caio! Choro! Me encolho!
Então, abro os olhos e vejo seu rosto...
Sua calmaria me atinge... Começo a sentir meus membros.
Começo a ser eu novamente.
Seus olhos tristes soam seguros pra mim. Gentis!
Sua voz torna-se poesia...
Me distraio e agora sinto, te sinto.



Karlinha Ferreira

5 de out de 2011

Noites insones




Noites insones...
Caminhos que inebriam...
Vozes que acalmam...
Vontades que devoram...
Divago em mim, divago assim... entre os sonhos.
À noite tudo renova, abate e constrange.
Andarilha na própria mente...
Sentido, cadê?



(Karlinha Ferreira)