28 de abr de 2014

Esperança

Um vinho, noite amena... Agora a mente barulhenta começa a se acalmar. É preciso seguir o fluxo independente do resultado da batalha, as guerras são traçadas todos os dias. Os únicos sonhos que não se realizam são aqueles que deixamos de tentar concretizá-los.
Estou de volta e como minha sábia mãe disse “envergo, mas não quebro”, sinto minha energia se renovando. Ainda sinto dores, ainda sinto o peso, mas o mundo vai girando e trazendo consigo uma motivação mais forte, conseguirei o que busco, conquistarei tudo que sonho, porque não irei desistir, e morrerei tentando.
A calmaria aos poucos se instala, chorei o que deveria ser chorado, senti uma dor cortante, senti que perdia o chão, mas agora, aos poucos aterrisso, aos poucos volto a ser e sinto minha esperança voltando, se renovando dentro da minha alma.
A vida tem suas razões sempre, vou aguardar o tempo certo chegar, e vou continuar lutando, do jeito que sempre fiz.

Karlinha Ferreira

4 de abr de 2014

Pra você


Rilke mais uma vez estava certo, deixe a vida acontecer. Acredite em mim: a vida tem razão, em todos os casos. Sei que o mundo não para de girar e tenho absoluta certeza que é durante uma dessas voltas que você vai se encontrar, assim como eu me encontrei.
Meu único problema é pensar que você está isolado, sem o apoio necessário. Aprendi a aceitar você do jeito que você é, com todas as confusões, com todos os defeitos, com todas as virtudes, sei que, às vezes és frágil, mas que também tem muita garra, muita força aí dentro de ti, sei que você precisa de um direcionamento que não cabe a mim dá, que é o tipo de direcionamento que a gente só encontra dentro da gente, que é o mesmo tipo de direcionamento que fez com que eu reconhecesse os meus limites, e parasse de andar em círculos e começasse a parar de sonhar e passasse a buscar meus sonhos, para trazê-los para o mundo da realidade.
Ainda estou trabalhando a ideia de que a vida está tentando te ensinar algo importante, tão importante que você não pode demorar mais a aprender, senão o sofrimento irá continuar se estendendo.
A mente da gente é muito frágil, e é necessário ter clareza para poder entender tudo o que acontece, eu chorei por semanas, me senti só, senti que ninguém no mundo poderia entender o que eu estava sentindo, porque tudo estava dentro de mim, e as pessoas estavam fora, como elas poderiam entender algo tão pessoal se elas só tinham as evidências, mas não sabiam como tudo aquilo me atingia, a intensidade, a forma, a força?
Sei que estás precisando de ajuda, e que apesar de eu não poder fazer nada de concreto, de não poder interferir, por motivos alheios à minha vontade, é importante que saibas que não fui a lugar algum, continuo aqui... E ainda estarei aqui quando você voltar.
Minhas melhores energias estão em sua direção... Que os bons ventos te cerquem e que tragam a lucidez que sua mente precisa para enxergar o que a vida quer te ensinar. Está difícil, está pesado, mas tudo isso passa.

Karlinha Ferreira