26 de jul de 2011

Vento





















Vento, leve-me para as águas tranquilas e calmas...
E faça com que eu reconheça e saiba valorizar quando chegar.
São essas águas que trazem sossego a minha alma, e o direcionamento de que tanto precisa.


Karlinha Fereira

18 de jul de 2011

Flores



















Depois de muito tempo estou confortável em ser quem eu sou; dar e receber flores perfuma a alma, como pude não saber que esse é o curso natural das coisas?

Karlinha Ferreira

5 de jul de 2011

Perdure



Momento, perdure!
Não te apresses em passar!
Pois não sei o que farei depois, acalma-te,
E deixa marcas nessas vidas com tua brandura.
E com a inédita calmaria do fervor que de mim nasce.



(Karlinha Ferreira)