16 de jul de 2014

Coerência



Cabeça distante... Parece rodar o mundo, parece procurar um lugar inebriante e distante. Sinto que a mente está se adequando ao fluxo, sinto que os pensamentos estão coordenando tudo àquilo que faltava.
Os olhos estão esperançosos, no peito um coração que pulsa pela realização de um sonho. Toda a ansiedade veste uma roupa de coragem.
E é assim que o espírito se revigora, se renova, numa noite em que tem apenas a lua como testemunha, uma noite em que o pacto feito entre nós mesmos, uma promessa feita em segredo diante de uma lua que silenciosamente entende tudo que desejamos, entende nossas lágrimas e medos. Mas que vê nessa promessa uma chance de nos superarmos, de sermos mais.
Ela entende que somos o maior obstáculo na busca por nossos sonhos, sabe que vez por outra nos sabotamos, mas acredita na promessa que fazemos, porque sabe que desistir não está nos planos, e que é vencendo uma luta por vez, assim, aos poucos é que se chega onde se quer.
Ser fiel a nós mesmos, ser fiel aos nossos sonhos. Acredito que essa seja à base de tudo. Inclusive da tão sonhada felicidade.
Karlinha Ferreira

8 de jul de 2014

Rotular pra quê?


Há algumas relações que, embora ninguém entenda, devemos continuar, sem mudar absolutamente nada, porque nem tudo que é sentido precisa ser esclarecido, acho que o que a gente esclarece demais, perde um pouco da magia.
Amor independente do seu tipo é amor, alguns mais, outros menos maduros, mas todos tem sua sublimidade, todos nos melhoram. Basta apenas sentir, se expor é difícil, e ainda mais em tempos que sentir, aparece sinal de fraqueza, em que o amor, o romantismo são démodé.
Sou uma romântica incontestável, sim, acredito que o amor melhora infinitamente o ser humano, acredito num sentimento que nos melhore e que veja o melhor que existe em nós. O amor é um sentimento que é tão forte, tão crédulo, que devido à fé que é em nós depositada nos transformamos no melhor que podemos ser. No ser humano que o ser amado sempre soube que poderíamos nos tornar.
Acredito que o amor é isso, um sentimento que nos circunda e que existe para nos trazer sensibilidade no processo evolutivo, fazendo com que a gente enxergue o mundo de um jeito melhor e mais puro.

Karlinha Ferreira