25 de jun de 2014

Tagarelando/Pensando

É preciso evoluir como ser humano, como gente, e para que isso aconteça há uma necessidade de moldar o olhar para a vida, enxergando cada ocasião como uma oportunidade, e a consciência de que nada acontece por acaso. A vida tem um curso próprio, uma ordem, e nós precisamos aprender a nos mover.
Nietzsche escreveu certa vez: quero cada vez mais aprender a ver como belo aquilo que é necessário nas coisas. Amor-fati [amor ao destino]: seja este, doravante, o meu amor! Não quero fazer guerra ao que é feio. Não quero acusar, não quero nem mesmo acusar os acusadores, Que minha única negação seja desviar o olhar! E, tudo somado e em suma: quero ser, algum dia, apenas alguém que diz Sim!
O amor ao destino não é uma renúncia, difere disto, é tomar o controle, é sair da escuridão e conseguir vislumbrar com lucidez cada ponto de evolução, cada forma, cada meio utilizado. E é sentir essa transformação acontecendo, às vezes não é algo imediato, mas quando acontece, podemos enxergar cada fator e isso é mágico.
Ter uma intimidade com nós mesmos, reconhecendo nossas limitações e nossa força. Ter consciência de que como nos encontramos não é nosso limite, não é o máximo que podemos alcançar. Precisamos crescer, e essa necessidade tem pressa!
Karlinha Ferreira

8 comentários:

  1. evoluir faz parte. mas como uma mudança, não é fácil. mas acredito que as pessoas deviam se arriscar mais e buscar novos horizontes sempre. o ser humano não tem limites!

    abraços,
    raileronline - 7 anos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato não é fácil, mas poucas coisas são. Evoluir é o objetivo.
      Obrigada por vir a minha casa...
      Beijo grande Railer...

      Excluir
  2. Crescer sempre! E não é de engordar que estou falando... hehe! Bem nessas, Karlinha! Beijos e saudades de ti no TPM, guria!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rs... Passei lá Fred é que estava sumida até da minha própria casa, vou, mas sempre volto. Rs... Passei lá e já dei altas gargalhadas... fiz um apelo inclusive.
      Beijo grande, Fred

      Excluir
  3. Rachel Farias27/06/2014 12:15

    Adoroooo "Nietzsche".
    Belo texto,

    ...enxergando cada ocasião como uma oportunidade. (Acho que é exatamente isso)

    Sucesso Karlinha.
    Cada vez gosto mais de passear por aqui, pelo blog.
    beijos. >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... é isso sim... Acredito que as coisas na nossa vida são gradativas, em todos os sentidos, por isso precisamos aprender a observar os sinais...

      Beijo grande...

      P.S. Nietzsche é o cara... Rs

      Excluir