13 de ago de 2013

Plural


Um dia de plural...
Quero pluralizar as alegrias...
Pluralizar o amor...
Quero o plural de todos os sentidos de um amor singular.
E sim, quero um amor singularmente pluralizado.
E assim, seguindo no singular desse amor que já é tão plural....
(Tão meu, tão seu, tão nosso)



(Karlinha Ferreira)

8 comentários:

  1. qualquer coisa "singular" só vale a pena quando é feita de uma inumerável pluraridade de detalhes, sensações, momentos, mãos, sussurros e gemidos.
    Um monte de coisas reunidas envoltas numa sintonia tão fina que se torna uma coisa só, singular.

    tudo isso pra dizer que... gostei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *_* adoro o jeito gostoso como você brinca com as palavras...

      Beijos...

      Excluir
    2. e eu gosto de uma infinidade de coisas em você!

      Bjão

      http://queromais1.wordpress.com/

      Excluir
  2. A alegria de pluralizar as coisas causa uma sensação singular nzé, Karlinha?!? Hehehehe! Beijos, gatona! Boa quarta pra ti!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beijão Fred... O TPM como sempre me fazendo rir...

      Beijo grande bonitão...

      Excluir
  3. Continua tudo bonito por aqui Carlinha!

    :D

    Beijo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Leozinho...
      Estava com saudades de você!

      Beijo grande... e vê se não some...

      Excluir