3 de out de 2012

26



Hoje é um daqueles dias que não consigo escrever nada decente (ou indecente) pra postar no blog, passa um filme na mente, me alegro me entristeço, lembro de paixões, de "pé na bunda", de gente pra quem me doei, lembro de pessoas com quem não fui justa, lembro de pessoas que conquistei, de alguns que nunca tive por isso vejo que não deu pra perder o que eu não tinha... Lembro-me de gente que chega de mansinho e quando menos espero já não sei mais viver sem... Gente desconfiada, gente dada, gente que daria tudo para ter, e mesmo assim continuo sem. Gente que me ensinou o que é fidelidade, amizade e amor. Hoje já chorei tanto que no meio do choro até esqueci o motivo, só conseguia sentir, dor/vazio... Mas logo vêm lembranças daqueles que permaneceram, que ainda estão lá e que parece que não querem sair, de algum modo gostou do que viu, que em meio ao emaranhado de erros viram um motivo pelo qual valeria a pena permanecer. E penso que essas são as pessoas que me sustentam e pelo que vale a pena lutar.
26 anos de uma vida bem vivida, de dores cortantes e alegrias revigorantes. Paixões/amores e ilusões, mas sempre vivendo de modo intenso e ás vezes até inconsequente, para quem pensa que não levanto voo, talvez não tenha olhado pra cima o suficiente, estou aprendendo a voar alto.

Karlinha Ferreira 

19 comentários:


  1. Eu só viria mais tarde, mas não resisti. E cá estou. Amei! Sem comentários. Vou levar para o FB. Lindo texto!

    Beijos, parabéns!

    Suzana/Lily

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Suhh! Vc é ótima... rs!
      Brigadão!^^

      Excluir
  2. Esse foi teu texto sem ideias? Caramba! Tu escreve muito bem Karla. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Me arrepiei várias vezes ao lê. Quantas vezes tive passei por esse mesmo tipo de reflexão. E quando isso acontece, parece que novas portas da vida estão sendo abertas. Chorar e esquecer o motivo...rsrs.... Eu te ligo pra me lembrar.kkkk
    Bjão, texto lindo!! Te amo!!!

    Rodrigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ow meu amigo, liga sim!
      Rs...
      Q ue te lembro, embora não concorde com o motivo. rs
      Te amo!

      Excluir
  4. Que delícia de desabafo/relato.
    Você é incrível.

    E a gente tem sim que se acostumar com os voos altos, principalmente você com essa bondade tamanha.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ^^ Verdade Marcelo, mas ás vezes esquecemos disso né?
      E há sempre quem duvide...
      Triste, mas acontece, o bom é q somos mais q tudo isso!

      Excluir
  5. Para quem não conseguia escrever nada...
    Belíssima expressão! Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aêw sumido! Bom vê-lo por aqui novamente...
      beijão, viu?

      Excluir
    2. É sempre um prazer, Karlinha.
      Beijão.

      Excluir
  6. Perfect (y)
    Adorei o texto e a sinceridade das palavras...
    Sei que vieram de uma mente maravilhosa!
    Tudo tem seu lado bom: Adoro as atualizações do seu blog quando em épocas assim... tudo fica mais belo e intenso. Chego a sentir as palavras como se elas saissem de minha boca e de meu coração.

    Beijo Grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bambynho, cê sabe que te amo né?
      Vc é minha maninha mais nova! Rs

      Excluir
  7. Amei seu texto! Tão intenso quanto a dona! Se o dos 26 anos foi assim, aguardo ansiosa a maravilha literária dos 36! rsrs... Que você tenha muitos anos de vida para podermos desfrutar da sua maravilhosa companhia e dos seus belos textos! Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vc com certeza estará por perto (não sei como vc consegue me aguentar), para ler a postagem dos 36, rs...
      Obrigada por não desistir viu?

      Excluir
  8. Que você complete mais 3x 26! rsrs

    Lembrar do que é bom nos renova Karlinha!

    BeijãO

    ResponderExcluir
  9. Priscila KArolina11/10/2012 07:38

    TExto bonito Karlinha!Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Amo ler seus textos... Preciso deles sempre que estou bem, sempre que esou mal...

    ResponderExcluir