4 de jun de 2011

Dispersa


Sinto falta...

Não sei como agir, não sei o que fazer...

[dispersa]

Deixo a vida ir me levando...

Sei apenas onde quero chegar, mas tenho absoluta certeza de que tiraram a estrada do lugar.


Karlinha Ferreira

10 comentários:

  1. A vida é feita de altos e baixos, os baixos para nos tornarmos mais fortes...e os altos para saborear... não vás abaixo haverá sempre altos...por isso usa a força e ergue-te para saborear ;)

    Muito obrigado :)

    ResponderExcluir
  2. gostei muito do seu texto....

    a gente pode criar atalhos qd não existe estrada...

    bjo querida!

    Zil

    ResponderExcluir
  3. De vez em quando aparecem placas de sinalização na frente do nosso caminho indicando outro mais próximo. É preciso só olhar um pouco além.

    ResponderExcluir
  4. Se não há as estradas, devemos atravessar florestas, pular as cercas, desbravar caminhos ineploráveis, pois muitas vezes chegamos ao lugar certo não porquer "seguimos a sinalização, mas porque desrespeitamos todos os avisos".

    bjss

    ResponderExcluir
  5. Ou a gente que foi pro acostamento.

    ResponderExcluir
  6. Karlinhamiga

    Os Ferreiras são boa gente, por toda a parte onde estão, estiveram ou estarão... rsrsrs

    Pois bem, minha querida, se tens a certeza de que tiraram a estrada do seu lugar - o que é bastante difícil, mas não impossível - tens, no entanto e principalmente a certeza de que sabes onde queres chegar. Felicito-te; não há muitos que o saibam.

    Qjs = queijinhos = beijinhos

    ... e espero-te lá na Travessa

    ResponderExcluir
  7. Pois, a vida nem sempre é como planeamos... se te tiraram a estrada de lugar, sabes o que deves fazer? Construir outra, aos poucos ... e iras chegar onde queres, força!

    Obrigada pelo comentário e pela passagem pelo meu blog... Bjnhos

    ResponderExcluir
  8. Crie uma estrada nova! dá mais trabalho, mas é emocionante! rs

    É ruim quando queremos por quere, sem saber o quê... eu fico agoniada e, pra mim, pouquíssimas coisas são piores que o sentimento de agonia.

    Um chêro!
    Bjão Karlinhaaaa!

    ResponderExcluir
  9. Acontece.... e passa, amiga...

    ResponderExcluir
  10. A busca pelo caminho da felicidade, sempre encontramos os que puxam não só os tapetes, mas toda estrada, mas havemos de chegar lá de uma forma ou outra! talvez o nosso caminho seja o céu.

    Beeijos!

    ResponderExcluir