11 de mar de 2010


Nesses dias em uma conversa com uma grande amiga falávamos sobre alguns tipos de homens. Ela dizia: “Karlinha, existe vários tipos de cretinos. Os “cretinos/ gentis”, que sabem bem como nos enrolar, ligam, lembram de datas importantes... há os “Cretinos estúpidos”, são aqueles boçais que nos tratam bem no começo, parecem verdadeiros “lords”, nos conquistam e depois agem como se não fizéssemos mais do que a nossa obrigação ficando com eles, e finalmente, os “cretinos/cretinos” que são aqueles que não são de ninguém, são de todo mundo. Todas sabem que não prestam, mas como são cativantes e possuem aquele sorrisão gostoso ninguém resiste.” (Rs...) Pois bem, é verdade acredito que todas já se depararam com um desses ou com os três tipos (hehe), e ainda poderia dizer que a maioria já se apaixonou por alguém assim, algumas de forma intensa, outras sendo mais cautelosas, mas se apaixonaram.
Mulher é bicho besta viu? (Rs...) É tão fácil de agradar, de conquistar. Contrário ao que pensam não precisa de muito para ser feliz. Com qualquer gesto de cavalheirismo, gentileza já estamos baixando a guarda. A mulher por si só é romântica. Haja com romantismo e irá conquistá-la, estime-a e terá o seu coração... (Facin- facin né? Rs)
Me flagrei pensando esses dias nas oportunidades que perdemos e nas muitas vezes que sabotamos a nós mesmos.
Em certos momentos damos uma importância exacerbada a preconceitos, culpa, medo. E acabamos vivendo pela metade, sentido tudo de forma parcial. Precisamos nos permitir e vê o que acontece, não da para ficar vivendo nossa própria vida como se estivéssemos nos bastidores, precisamos lutar pelo que julgamos ser bom e prazeroso, embora corramos o risco de não sermos compreendidas.
Ás vezes precisamos nos permitir e vê o que acontece. Tentar ser feliz com o que o nosso coração pede com o que ele precisa naquele momento. Errar, sempre erraremos, mas que os nossos erros sejam sempre procurando o acerto, procurando ser feliz. Gosto de pensar que perdemos algumas chances hoje para aprendermos a valorizar melhor as que estão porvir.
O complicado é que mesmo que estejamos dispostas a “dar a cara a tapa” e apesar da facilidade, não querem se envolver e geralmente não somos compreendidas da forma que gostaríamos. Dizem que nos querem, mas não nos conhecem. Querem usufruir, mas não se deixam envolver.
O que é que a gente faz diante disso?
Temos que esperar a boa vontade de um dos cretinos expostos acima? Alimentar aquele amor unilateral? Continuar com expectativas quanto ao que já passou?
Venhamos e convenhamos viver do passado é complicado... só museu agüenta, ficamos lembrando dos bons momentos e esquecemos que os ruins foram maiores, precisamos de uma mudança de 360°, e essa mudança implica em se relacionar com homens decentes viu? No dia que isso acontecer talvez às coisas passem a fazer algum sentido.
Precisamos de mais...


"Qual foi a semente
Que você plantou?
Tudo acontece ao mesmo tempo
Nem eu mesmo sei direito
O que está acontecendo
E daí, de hoje em diante
Todo dia vai ser
O dia mais importante...

Se você quiser alguém
Prá ser só seu
É só não se esquecer
Eu estarei aqui..."

(Eu Era um Lobisomen Juvenil
Legião Urbana)


Karlinha Ferreira

7 comentários:

  1. Menina , como sempre tu arrasa nas palavras não é?
    Ela arrasa nos comentários masculinos...
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Adorei... muito, muito, muito...
    Magda Mary.

    ResponderExcluir
  2. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK! XONEI!!! "HI, CRETINOS"! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!

    ResponderExcluir
  3. Grande Colega!!!
    Essa pegou pesado heim!!!!kkkkkkkkk
    lembre-se: existe as exceções!!!!
    Grande Abraço
    xero. =)

    ResponderExcluir
  4. Onde estão esse homens decentes????????
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkhoje em dia ta dificil hein amiga...

    ARRASOU!!!!!!!!!!!

    Xerão, Su.

    ResponderExcluir
  5. Dizem que as mulheres são complicadas, mas na realidade os homens são mais ainda. O homem de hoje em dia só quer enrolar a mulher, depois jogam fora.

    ResponderExcluir
  6. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Falou Viny...
    Mas não ando esbarrando com as exceções.
    Rs...

    ResponderExcluir
  7. EITHA amei

    mas eu ainda acredito que exista homens decentes , e prefiro continuar acreditando né
    rsrsrs

    mas a vida assim mesmo ' aprender com nosso erros e tantas falhas' o importante e que agente tentou né !

    te adolo
    amu bastante teu blog e oc tá

    xeru.U dYNAH

    ResponderExcluir