19 de fev de 2010

Medida



Algumas pessoas nos surpreendem, outras nos decepcionam. Há emoções que não sabemos como lidar com elas. Ciladas que embora não queiramos, acabamos caindo, a falta de lealdade, o desamor, acabam por colocar quem menos merece em situações difíceis.
Situações que proporcionam tristezas e vergonha. Vergonha esta que quando bem analisada não deveríamos senti-la, mas sim quem a proporcionou. Ou há algo de errado com o mundo ou de fato a “teoria do mundo justo” é apenas mais uma teoria, quando na prática a injustiça está tomando conta de tudo, onde quem segue o coração acaba por ser enganado e traído.
Não somos culpados pela desonestidade alheia. Tão pouco pela deliberada falta de caráter daqueles que julgamos amar. Cada um é responsável por si, e temos que aprender a dar a cada um a medida de responsabilidade devida pelos seus atos. Não podemos nos culpar pelo mal no mundo. Somos tão sobreviventes quanto qualquer um.
A recompensa tem sido bem menor que a renuncia. O preço pago por ter que ter uma vida honesta é alto, e o retorno nem sempre chega, na realidade normalmente encontramos punição no lugar de galardão.
Temos que olhar para dentro de nós e encontrar forças para continuar acreditando que em algum momento isso irá mudar e alguém virá como uma recompensa por termos permanecido tanto tempo fiel. Fiel a nossa índole, moral e a nós mesmos. Embora que para preservarmos essas características tenhamos que “perder” o que julgamos importantes hoje.



Cannonball
Damien Rice
Composição: Damien Rice

There's still a little bit of your taste in my mouth
There's still a little bit of you laced with my doubt
It's still a little hard to say what's going on

There's still a little bit of your ghost your witness
There's still a little piece of your face I haven't kissed
You step a little closer each day
Still I can't see what's going on

Stones taught me to fly
Love taught me to lie
Life taught me to die
So it's not hard to fall
When you float like a cannonball

There's still a little bit of your song in my ear
There's still a little bit of your words I long to hear
You step a little closer to me
So close that I can't see what's going on

Stones taught me to fly
Love taught me to lie
Life taught me to die
So it's not hard to fall
When you float like a cannon

Stones taught me to fly
Love taught me to cry
So come on courage
Teach me to be shy
'Cause it's not hard to fall
And I don't want to scare her
It's not hard to fall
And I don't wanna lose
It's not hard to grow
When you know that you just don't know

Karlinha Ferreira

5 comentários:

  1. Perder o que julgamos importante hoje, para ganharmos amanhã... num futuro próximo... e tudo isso é realmente alto demais, um preço exorbitante, mas, permanecermos fiéis as nossas condutas e valores, mesmo que a recompensa não venha, é ainda mais gratificante... Bem que poderia ser menos doloroso todo esse processo...

    Magal

    ResponderExcluir
  2. Olá pessoal!
    Essa é a tradução da música citada no post...
    Xerão


    Bala de Canhão

    Ainda há um pouco de seu gosto em minha boca
    Ainda há um pouco de você amarrada a minha dúvida
    Ainda é um pouco difícil de dizer o que está acontecendo

    Ainda há um pouco de seu fantasma, sua testemunha
    Ainda há um pouco de seu rosto que eu não beijei
    Você se aproxima um pouco a cada dia
    E eu não consigo dizer o que está acontecendo

    Pedras me ensinaram a voar
    O amor me ensinou a mentir
    A vida me ensinou a morrer
    Assim, não é difícil cair
    Quando você flutua como uma bala de canhão

    Ainda há um pouco de sua canção em meu ouvido
    Ainda há um pouco de suas palavras que eu desejo ouvir
    Você se aproxima um pouco de mim
    Tão próxima, que eu não consigo ver o que está acontecendo

    Pedras me ensinaram a voar
    O amor me ensinou a mentir
    A vida me ensinou a morrer
    Assim, não é difícil cair
    Quando você flutua como uma bala de canhão

    Pedras me ensinaram a voar
    O amor me ensinou a chorar
    Então venha, coragem
    Ensine-me a ser tímido
    Porque não é difícil cair
    E eu não quero assustá-la
    Não é difícil cair
    E eu não quero perder
    Não é difícil crescer
    Quando você sabe que simplesmente não não

    ResponderExcluir
  3. ... sem comentários... Rsrs! Oh, DEUS, "onde está o meu amor, quem será com quem se parece? Deve está por aí, ou será que nem me conhece?". E que ele venha, e que eu veja os sinais...
    " ainda há um pouco de seu rosto que eu não beijei..."

    ResponderExcluir
  4. O mundo tem dessas coisas.. teima em nos fazer nos sentir mal por ter agido da forma correta. Mas... embora pareça que não há galardão ou retorno positivo (como queira chamar) o que vale é que sabemos que fizemos o certo, ou pelo menos o que julgamos mais sábio e mais leal embora não menos doloroso.
    não existe melhor remédio do que o tempo...
    afinal: TUDO PASSA...

    e completo dizendo: As coisas boas inda tão por vir *-* afinal, vez por outra a vida nos reserva coisas boas!!!!!!!!! ADOROOOOO!!!

    bju amarela=)

    ResponderExcluir
  5. 'onde quem segue o coração acaba por ser enganado e traído.'

    Menina Arrebentando Como Sempre Ameiiiiiiii
    Como Sempre Né

    Não Esqueça de me CHAMAR PARA O LANÇAMENTO DO SEU LIVRO TÁ
    QUE SERÁ BREVE
    TÔ ORANDO POR ISSO

    TE ADOLO
    dynah'

    ResponderExcluir