3 de ago de 2015

Vida

Quando você se fecha, quando tudo que você deseja pelos próximos dois anos já estão planejados, e tudo que você pensa é em trabalho, estudo e crescimento. Projetos! Projetos!
A vida decide te ensinar que é vivendo que se vive, que não adianta planejar, se blindar, porque a vida tem uma razão de ser que é dela, e muitas vezes não há lugar para entendimento, ou você mergulha e vive ou você terá de lidar com a sensação “do que poderia ter sido”, o mais lamentável é que nem sempre temos uma segunda chance.
Eu pulo! Pulo sempre, me jogo e vejo no que dá, o pior que pode acontecer é não ser nada do que idealizei e tomar um porre grande escutando “clássicos da roedeira”.
Nunca me privei, mas confesso que o solo firme e seguro estava sendo o melhor lugar para estar, mas nem tudo é como planejamos. Se foi nos oferecido asas, que alcemos voo.

Karlinha Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário